Muito se fala sobre o uso da Bobina MI ser utilizada ao invés da bobina cilíndrica (asfáltica original), vou comentar algumas considerações sobre ela e em qual situação é permitida sua utilização sem maiores problemas.

A bobina do MI é uma bobina de ignição plástica, correspondente a segunda família de bobinas, sendo tecnologia posterior a Bobina Cilíndrica.

Bobina Asfáltica (Cilíndrica)

Bobina Asfáltica (Cilíndrica)

 

“Os novos motores, mais otimizados e com elevadas rotações, necessitam de sistemas de ignição mais potentes. Para esses motores foram desenvolvidas novas bobinas de ignição com formas geométricas diferentes das tradicionais, conhecidas como bobinas plásticas.As bobinas plásticas possuem vantagens em relação às bobinas cilíndricas tradicionais (asfálticas):

  • maior tensão de ignição;
  • maior disponibilidade de faísca por minuto;
  • menor tamanho, ocupando menos espaço no compartimento do motor;
  • menos peso;
  • em muitos veículos, devido ao sistema de ignição estático, dispensa o uso do distribuidor;
  • pode ser construída em diversas formas geométricas, dependendo da necessidade e espaço disponível no compartimento do motor” (Fonte)
Bobina do mi

Bobina do Mi Bosch: F 000 ZS0 105

Tabela de Aplicação da Bobina Plástica:

 

A Bobina do MI é feita para o sistema transistorizado TZ-H, ou seja, apenas para carros acima de 1991 e utilizando a Bobina 9 220 081 097, ou seja o módulo que faz conjunto com essa bobina é o 0 227 100 142 (7 pinos), pois os demais módulos anteriores da linha Volkswagen como 003 (6 pinos – TSZ-I 1ª geração), 013 (7 pinos – TSZ-I 2ª geração), utilizam a bobina 067 e a 077 respectivamente, não possuindo limitador de corrente servindo como proteção à Bobina.

tabela aplicação bobina plastica

tabela aplicação bobina plástica

 

tabela aplicação bobina plastica

tabela aplicação bobina plástica

Como não é mais encontrada a Bobina F 000 ZS0 100 em substituição pode ser utilizada a F 000 ZS0 105 ou 9 220 081 504.

 

Valores das Resistências (Consulte aqui):

Bobinas Plástica MI:

  • F 000 ZS0 105 (número original: 9 220 081 504)
  • Enrolamento primário: 0,47 ± 0,08
  • Enrolamento secundário: 8,0 ± 1,5 k

Bobina Asfáltica:

  • 9 220 081 097
  • Enrolamento primário: 0,9 … 1,5
  • Enrolamento secundário: 4,4…7,0 K
  • Potência: 34.000V
  • Faiscas: 18.000/minuto

CONCLUSÃO:

Enfim, devido a dificuldade em alguns lugares de encontrar a Bobina 097 e/ou alto preço embutido nela, aos que já possuem originalmente em seu carro o módulo 142, ou seja de quarta geração, TZ-H, que possui melhor proteção e controle de corrente através de um limitador interno, é aceitável a instalação da Bobina MI (125). Vai ganhar uma ignição mais eficaz, porém quanto ao consumo, não irá ter grande diferença (nem pequena), no mínimo um pouco de estabilidade, portanto menos oscilações, vale lembrar você não irá ganhar mais 10cv de potência por colocar essa bobina, a original cilíndrica já possui energia suficiente para alimentação que o motor necessita.

A Bobina MI está dentro dos limites de tolerância para se usar com o módulo 142, portanto se no carro houver problemas elétricos estará sujeito a problemas de aquecimento/ignição, deve-se revisar alternador, aterramento, fiação entre outros.

Aos que possuem módulo 6 pinos (1ª geração), não recomendo a instalação, ela não protege a bobina, levando ao aquecimento da mesma. E aos que possuem módulo de 7 pinos (2ª geração) fique por sua conta em risco, porém não recomendo também devido a menor proteção entregue por esse equipamento.

Qualquer modificação fora do estabelecido original pode levar a dores de cabeça, então é por sua conta em risco, nada melhor que a boa e velha combinação original. Veja as recomendações no Post sobre módulos. E no sobre BOBINAS clicando aqui.

Siga nossas páginas no Facebook (clique aqui) e Instagram (clique aqui) !!!

Nota do autor: Módulo 142 + Bobina 097 = Felicidade